DIÁRIO DE ESCRITA 03


UMA MULHER NO ESCURO



Leitoras e leitores,


Antes de começar a escrever um livro, crio um arquivo chamado “Escaleta”, que é o esqueleto da história, com todas as ideias de situações e sequências que eu tenho em mente, do início ao final. Outro arquivo recebe o nome “Livro” e, conforme escrevo, crio um terceiro arquivo, “Excluídos”, onde coloco todos os trechos, cenas e capítulos inteiros que corto durante o processo. Basicamente, são esses três arquivos que gerencio enquanto escrevo: “escaleta”, “livro” e “excluídos”.


Escrever um livro se trata de fazer escolhas solitárias. Para quem lê, o livro soa fluido, uma sequência natural de causa e consequência – pelo menos, é assim que deve ser. Gosto muito de uma frase de Nelson Rodrigues que diz: “você não imagina o trabalho que me dá empobrecer os meus diálogos”. E é exatamente isso. Tornar o texto leve, sem parágrafos truncados, trechos confusos ou movimentos forçados dá muito, muito trabalho.


Na reta final, passo um pente fino em todas as versões da “escaleta” e do “excluídos” para ver se ficou de fora algo que vale a pena ser recolocado na história. Sempre concluo que há muitos livros dentro de um livro, há caminhos distintos que eu poderia ter tomado em vários momentos da história. Como num efeito borboleta, se eu tivesse feito certas escolhas no início do romance, o livro seria totalmente outro – talvez pior, talvez melhor. Para mim, é assustador, mas ao mesmo tempo charmoso. Um consolo: você nunca vai saber como teria sido se tivesse optado pelos outros caminhos. E uma certeza: um livro nunca fica do jeito que você idealizou no início. Cá entre nós, isso é ótimo.


Agora, enquanto leio as revisões e fecho a versão de Uma mulher no escuro que vai para a gráfica, me pego surpreso com diálogos, fico tenso em algumas cenas e me emociono em certos capítulos. Sinal de que o livro já está se descolando de mim, ganhou vida própria. Em breve, Uma mulher no escuro chega às livrarias e não será mais meu. Passa a ser de vocês, meus leitores.


Para acompanhar as novidades sobre o livro, fiquem atentos à newsletter. A pré-venda começa em breve, com uma surpresa!


Para saber mais sobre meu método de trabalho, inscreva-se no curso online para escritores que ministro: https://www.raphaelmontes.com.br/curso


Abraços do Rapha

1,071 visualizações
© 2019 por Raphael Montes